Anúncios

Oportunidade x Escolha – Léo Capochim

Publicado: novembro 18, 2011 por sementesdefe em áudio, devocionais
Tags:, , , ,



Aproveite para meditar em Salmos 37.16-20 “Mais vale o pouco que o justo tem, do que as riquezas de muitos ímpios. Pois os braços dos ímpios serão quebrados, mas o Senhor sustém os justos. O Senhor conhece os dias dos íntegros, e a herança deles permanecerá para sempre. Não serão envergonhados no dia do mal, e nos dias da fome se fartarão. Mas os ímpios perecerão, e os inimigos do Senhor serão como a beleza das pastagens; desaparecerão, em fumaça se desfarão.”

Reflita:
É errado demais quando as pessoas começam a julgar o andar com Deus uma das outras pela quantidade de bens e riquezas que tem.
Como eu disse nos primeiros posts, ao falar de prosperidade lidamos com 2 extremos e este é um deles. Pessoas que concluem que as riquezas que eu tenho são uma prova da minha intimidade e vida com Deus.
Como diz o texto acima, é melhor o pouco do justo do que o muito do ímpio. Ou seja, pessoas justas podem ter pouco e ímpios podem ter muito.
Para ter dinheiro não é necessário ter Deus, é só uma questão de oportunidade, boa administração e outros conhecimentos.
Uma vida em submissão a vontade de Deus pode te levar a ter muito dinheiro e muitos bens como também pode te levar ter pouco dinheiro e nenhum bem. Vai depender do plano que Deus tem para a sua vida, da sua área de atuação no Reino.
Uma pessoa desobediente a vontade de Deus tanto pode estar cheia de bens como sem nenhum bem.
Aos poucos vamos aprofundar mais nestes assuntos mas a partir do próximo Post quero começar a definir o que é prosperidade.

20111117-130655.jpg

Publicado: novembro 17, 2011 por sementesdefe em 15 segundos, devocionais, videos
Tags:, , , ,





20111115-020910.jpg

Publicado: novembro 15, 2011 por sementesdefe em áudio, devocionais
Tags:, ,





Aproveite para meditar em Gênesis 2.8,9 “Então plantou o Senhor Deus um jardim, da banda do oriente, no Éden; e pôs ali o homem que tinha formado. E o Senhor Deus fez brotar da terra toda qualidade de árvores agradáveis à vista e boas para comida, bem como a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal.”

Reflita:
Deus não criou o homem para viver em pobreza, miséria e falta.
Ao estabelecer seu plano original, Deus coloca o homem em um jardim chamado Éden, e neste jardim o homem vive em plena abundância.
Veja no texto que Deus fez brotar todo o tipo de árvores agradáveis. Não havia falta de nada para o homem. Havia plena abundância, variedade e acessibilidade aos recursos necessários a sobrevivência. Tudo estava a mão do homem. Claro que o trabalho faria já parte da vida do homem pois o trabalho é uma benção de Deus, mas tudo estava ao alcance das mãos. Isso é uma das definições de prosperidade: ter acesso aquilo que é essencial para a vida.
Somente após o pecado que vemos o homem passando por necessidade e pobreza.
A miséria e pobreza são consequência do pecado no mundo. Não estou dizendo que quem está passando por um momento de necessidade ou pobreza está em pecado, vivendo em pecado. Este é um tipo de pensamento anti-bíblico. (Quero falar mais sobre este tipo de pensamento no próximo post.) O que estou afirmando é que somente por causa da entrada do pecado no mundo, que o homem pode experimentar momentos de falta.
Ao sermos redimidos do pecado em Cristo, seremos também redimidos da pobreza e miséria.
A prosperidade é benção de Deus, a pobreza é consequência do erro.
Vamos clamar ao nosso Pai para que a benção Dele venha sobre nós e que sejamos libertos de toda falta.

20111112-092347.jpg

Publicado: novembro 12, 2011 por sementesdefe em 15 segundos, devocionais, videos
Tags:, , , , ,