Posts com Tag ‘consagração’



Aproveite para meditar em Mateus 26.36-39 “Então foi Jesus com eles a um lugar chamado Getsêmane, e disse aos discípulos: Sentai-vos aqui, enquanto eu vou ali orar. E levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se. Então lhes disse: A minha alma está triste até a morte; ficai aqui e vigiai comigo. E adiantando-se um pouco, prostrou-se com o rosto em terra e orou, dizendo: Meu Pai, se é possível, passa de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres.”

Responda:
1. Sua obediência a Deus está limitada ao que você pensa ser bom?
2. Se, para obedecer a Deus, for necessário sofrer por um pouco de tempo o que você vai fazer?
3. E se for necessário passar pela morte?

Sabemos que não vivemos mortes literais todos os dias aqui no Brasil por amor a Cristo, mas quantas coisas em nossa vida precisamos deixar morrer para obedecer a vontade de Deus.
Muitas vezes existe o sofrimento da perda para viver uma vida consagrada a Deus. Perda de sonhos, ideais e futilidades da vida que vemos como preciosas para agarrar aquilo que realmente é bom, perfeito e agradável.
Se Jesus Cristo teve que fazer a oração de consagração e negar a sua própria vontade para cumprir a vontade de Deus, muito mais nós precisamos disto em nossa vida.
Lembre-se: Após a cruz há ressurreição! Sempre há algo bom da parte de Deus te esperando depois de todo sofrimento por amor a Ele.
É MELHOR SOFRER POR FAZER A VONTADE DE DEUS DO QUE SOFRER POR CONSEQUÊNCIA DE PECADOS!



Aproveite para meditar em Mateus 16.24 “Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, e siga-me;”

Responda:
1. Nas grandes decisões da sua vida você tem recorrido a Deus?
2. E nas pequenas decisões? Você mesmo resolve?

Consagração não é um momento, é uma vida!
Não temos dificuldades em buscar a Deus para saber a sua vontade e se render a ela quando temos que tomar grandes decisões na vida. Normalmente quando a resposta pode influenciar todo o curso da nossa vida corremos para Deus pois afinal de contas é algo “grande demais” que “eu não sei como lidar com isso”.
Porém, nas pequenas decisões, aquelas que nossa mente tem uma resposta rápida e prática, não buscamos a Deus.
Algo que eu e você precisamos aprender é que as pequenas decisões influenciam a nossa vida da mesma maneira que as grandes decisões. A única diferença é a questão do tempo. Dar a resposta errada numa grande decisão é como se jogar em um buraco mas dar a resposta errada numa pequena decisão é como cavar com as próprias mãos um buraco. A princípio parece que não está acontecendo nada, mas depois você se vê em um lugar que será muito difícil conseguir sair.
Por isso, é muito importante eu decidir pela vontade de Deus a cada instante da minha vida. E, para decidir pela vontade dEle, é necessário buscar ao Senhor em todo tempo e em cada ocasião.
Você é responsável pelas suas decisões e sempre obterá a recompensa delas; seja uma boa ou má recompensa.
Consagração é muito mais do um momento, é uma constante rendição ao Pai Celestial!



Aproveite para meditar em Mateus 6.10 “venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;”

Responda:
1. Você já consagrou a sua vida a Deus?
2. Você tem vivido mais a sua vontade ou a vontade de Deus?

A consagração é imprescindível na vida do cristão. Após receber Jesus como seu Salvador, você precisa recebê-lo a cada dia como Senhor, como Pai, como Aquele que é a máxima autoridade sobre a sua vida.
Se você quer viver a plenitude daquilo que é bom, perfeito e agradável você precisa se submeter ao único que sabe o caminho para este lugar.